Plantas Ornamentais na decoração e no bem-estar

A DECORAÇÃO QUE ESTÁ GANHANDO ESPAÇO NAS CASAS NÃO É APENAS DECORATIVA: CONTRIBUEM PARA A SAÚDE MENTAL E O BEM-ESTAR.

POR: BEATRIZ FERREIRA

Plantas Ornamentais na decoração e no bem-estars plan­tas orna­men­tais são aque­las cul­ti­vadas por sua beleza. Ulti­ma­mente, elas estão sendo muito uti­lizadas para dec­o­rar inte­ri­ores, e tam­bém, no pais­ag­is­mo, mas não existe um tipo especí­fi­co que seja mel­hor para a dec­o­ração: a escol­ha é arbi­trária. Suas cores, tex­turas, fol­ha­gens ou aro­mas são os fatores mais deci­sivos nes­ta escol­ha.

O que são as Plantas Ornamentais?

   Além de serem óti­mas escol­has na dec­o­ração, elas trazem bene­fí­cios para a saúde físi­ca e men­tal:

Plantas Ornamentais dentro de casa:

   A fal­ta de con­ta­to do ser humano com a natureza, dev­i­do ao cresci­men­to das grandes cidades, fez com que cada vez mais os jardins nos quin­tais exter­nos deix­as­sem de faz­er parte da real­i­dade atu­al. As plan­tas orna­men­tais são uma óti­ma saca­da para traz­er o verde para den­tro de casa e ino­var em uma dec­o­ração mais mod­er­na e sus­ten­táv­el.

Cuidados com as plantas:

   Nem todas as plan­tas pos­suem o mes­mo cuida­do, por­tan­to, fique aten­to às indi­cações para cada tipo cita­do nes­sa matéria:

Sucu­len­tas e cac­tos não devem ser regadas tão reg­u­lar­mente: o ide­al é que sejam regadas uma ou duas vezes por sem­ana, porém, com pouquís­si­ma quan­ti­dade de água.

Heras: mes­mo preferindo áreas com muito sol, elas con­seguem sobre­viv­er em som­bra par­cial, mas crescerão em um rit­mo mais lento. Essa plan­ta não sobre­vive em solos muito úmi­dos, por­tan­to, no verão deve ser rega­da a cada dois dias, e no inver­no, ape­nas uma vez por sem­ana.

Samam­ba­ias: deve-se escol­her um can­to longe de cor­rentes de ven­to, pois desidratam a plan­ta e fazem as fol­has caírem. Man­ter o vaso úmi­do é fun­da­men­tal: para não ter erro, coloque o dedo na ter­ra: se ele sair sujo, não pre­cisa mol­har. Evite regar a fol­hagem: muitas espé­cies abor­tam fol­has enchar­cadas.

Vio­le­tas: amam a lumi­nosi­dade para flo­rescer, mas não podem ficar em con­ta­to dire­to com o sol, já que as flo­res e fol­has podem queimar. Man­tê-la hidrata­da é essen­cial, mas nun­ca deixar a ter­ra enchar­ca­da, pois pode torná-la mais vul­neráv­el ao surg­i­men­to de fun­gos e provo­car o apo­drec­i­men­to da base.

Clo­rofi­to: essa é con­sid­er­a­da uma das 10 mais fáceis plan­tas de cuidar! O solo deve estar bem fér­til, leve e muito rico de matéria orgâni­ca. As regas devem ser reg­u­lares, mas evi­tan­do que ela fique enchar­ca­da.