Decoração de apartamento, seu lar mais bonito e confortável

IDEIAS E CONCEITOS PARA VOCÊ MONTAR A DECORAÇÃO DO SEU APARTAMENTO E DEIXAR SUA VIDA COM MUITO MAIS CONFORTO, PRAZER E BEM-ESTAR

POR RICARDO ROCA

izem que tem gente que gos­ta de ‘ficar na rua’ e tem gente que gos­ta de ‘ficar em casa’; seja lá qual for o seu per­fil, não há nada como ter con­for­to e um espaço boni­to para morar. E pra isso a dec­o­ração do seu aparta­men­to tem papel fun­da­men­tal, pra ger­ar prati­ci­dade, con­for­to e tornar o ambi­ente agradáv­el, seja para ficar soz­in­ho, com a família ou para rece­ber os ami­gos.

Ao lon­go dess­es meses você viu, aqui mes­mo na sua Revista Dell’Ambiente, várias sug­estões para a dec­o­ração de seus espaços de tra­bal­ho ou mora­dia, mas como nos­so assun­to aqui é especi­fi­ca­mente a dec­o­ração de aparta­men­to, vamos relem­brar algu­mas matérias como: Fechamen­to de Varan­da, Ban­heiras para Aparta­men­to, Tudo o que a sua coz­in­ha plane­ja­da pre­cisa, além de muitas out­ras matérias.

Essa pre­ocu­pação ou inter­esse em cuidar do espaço em que se vive é ger­al, todo mun­do quer caprichar na dec­o­ração do seu aparta­men­to para cri­ar o seu can­tinho aconchegante ou, o que é ain­da mel­hor, seus vários can­tinhos den­tro de casa. As revis­tas e a mídia espe­cial­iza­da em dec­o­ração já elab­o­raram matérias a esse respeito voltadas para os chama­dos mil­len­ni­als*, Dec­o­ração Jovem: 58 ideias para um primeiro aparta­men­to; para a tur­ma da ter­ceira idade, Como adap­tar um aparta­men­to para idosos: 5 dicas essen­ci­ais; para home­ns solteiros, 6 Dicas de dec­o­ração para um aparta­men­to de solteiro; para quem é mais con­ser­vador e dis­cre­to, Aparta­men­to com dec­o­ração clás­si­ca, neu­tra e sofisti­ca­da!; para casais com fil­hos, Dec­o­ração: dicas de um casal que refor­mou o aparta­men­to para dar mais liber­dade às cri­anças; para quem tem ou quer ter um ani­mal de esti­mação, 45 Ideias de Dec­o­ração e Espaço para os Pets, ou de for­ma mais genéri­ca, bus­can­do aten­der a todos os per­fis, como Aparta­men­to Dec­o­ra­do: 50 Ambi­entes para te Inspi­rar.

(*) mil­len­ni­als é como são chamadas as pes­soas nasci­das entre 1980 e 2000, con­heci­dos como a primeira ger­ação de nativos dig­i­tais.

Conforto e harmonia na decoração do apartamento

Sen­sação de bem-estar, como­di­dade físi­ca e/ou emo­cional, claro que o con­for­to depende de uma série de fatores, como o momen­to pes­soal de cada um, de aspec­tos profis­sion­ais, famil­iares, saúde, real­iza­ção finan­ceira, espir­i­tu­al­i­dade etc. etc. etc., mas um bom sofá, uma cama espaçosa e macia e um chu­veiro com água na tem­per­atu­ra cer­ta aju­dam muito a tornar a vida mel­hor. E ess­es são ape­nas alguns exem­p­los. Há muitas out­ras coisas que podem ser feitas na dec­o­ração de um aparta­men­to para aju­dar nesse sen­ti­do. É jus­ta­mente a boa com­bi­nação de vários ele­men­tos rela­ciona­dos que gera a har­mo­nia, essa sen­sação agradáv­el e de praz­er.

Cada cômodo é um mundo

Hall de entra­da — é o cartão de visi­ta da sua casa, é uma das lem­branças que você vai con­stru­ir e que seus vis­i­tantes vão levar com eles. São muitas as pos­si­bil­i­dades, mas depen­dem basi­ca­mente de dois fatores, sua per­son­al­i­dade e o taman­ho do espaço disponív­el. Isso vai aju­dar a definir se você deve inve­stir em um capa­cho, no caso de um espaço menor ou em um tapete, em espaços maiores. Em ambos os casos a ilu­mi­nação merece atenção, para tornar o ambi­ente acol­he­dor e recep­ti­vo. A luz pode ser dire­ta ou indi­re­ta, mas nesse espaço a luz quente, amarela, é a mais indi­ca­da, por trans­mi­tir aconchego e a sen­sação de des­can­so.

Nova­mente a depen­der do espaço é pos­sív­el pen­sar em um aparador com obje­tos dec­o­ra­tivos, sim­ples, mas sem­pre com o obje­ti­vo de trans­mi­tir sua per­son­al­i­dade e as boas-vin­das aos seus con­vi­da­dos e a você mes­mo, quan­do chegar em casa cansa­do do tra­bal­ho. Plan­tas fazem suces­so em qual­quer ambi­ente, mas é necessário lem­brar que elas neces­si­tam de cuida­dos e que nor­mal­mente esse espaço não recebe luz nat­ur­al; talvez um vaso com gal­hos sec­os ou plan­tas arti­fi­ci­ais, mas o cuida­do aqui deve ser redo­bra­do; uma escol­ha erra­da pode colo­car tudo a perder nes­sa con­strução de esti­lo. Quadros, espel­hos, obje­tos dec­o­ra­tivos ou mes­mo uma pin­tu­ra per­son­al­iza­da são boas opções.

Sala de estar – o ‘espaço cen­tral’ da casa, o local onde você recebe os ami­gos e onde, provavel­mente, vai pas­sar a maior parte do tem­po livre den­tro de casa. Além da tôni­ca no con­for­to, com um sofá que ‘abraça’, é impor­tante saber se você pre­tende rece­ber muitos con­vi­da­dos, pois isso vai definir se você pre­cisa de out­ras opções como poltronas ou até mes­mo puffs, que trans­mitem um ar mais despo­ja­do para o ambi­ente. Se você é do tipo mais sóbrio, deve pen­sar em alter­na­ti­vas mais con­ser­vado­ras.

Nor­mal­mente é nesse ambi­ente tam­bém que ficam a tele­visão e apar­el­hos de som. Sobre ess­es equipa­men­tos, atual­mente há uma infinidade de mod­e­los e taman­hos, com car­ac­terís­ti­cas para todos os gos­tos. Se você é do tipo ciné­fi­lo, pode inve­stir em um home the­ater, que vai ofer­e­cer maior qual­i­dade de som e imagem. Mui­ta gente entende que a fase de ter um ‘barz­in­ho’ den­tro de casa pas­sou, mas é mais cor­re­to enten­der que ela se atu­al­i­zou, se mod­i­fi­cou, mas que jamais vai sair de moda rece­ber ami­gos para tomar drin­ques em casa. O mer­ca­do hoje tam­bém ofer­ece boas opções nes­sa área.

Quar­to – por tratar-se de um espaço mais volta­do ao des­can­so e à pri­vaci­dade, nor­mal­mente pede cores mais sóbrias, que além de elegân­cia aju­dem a diminuir seu rit­mo, con­tribuin­do para momen­tos de maior intro­specção. Com esse mes­mo obje­ti­vo a definição das corti­nas é fun­da­men­tal. Se você tem difi­cul­dade para dormir ou mora em uma região com barul­hos exter­nos ou mui­ta lumi­nosi­dade, pode pen­sar em um black­out, que aux­il­ia tam­bém a deixar o ambi­ente mais fres­co e agradáv­el. Vale o mes­mo para quem quer assi­s­tir a um filme ou realizar uma leitu­ra.

Além dos espaços para guardar roupas pes­soais e de cama, tam­bém cos­tu­ma abri­gar obje­tos pes­soais e de dec­o­ração que car­regam con­si­go boas histórias de família ou de via­gens real­izadas. O cuida­do aqui é não sobre­car­regar visual­mente o espaço. Per­son­alizar sim, mas sem poluição visu­al.

Coz­in­ha – alguém já disse que coz­in­har é um gesto de amor e é assim que gos­to de imag­i­nar esse espaço. Além do cuida­do para ade­quar taman­ho e esti­lo dos ‘obri­gatórios’ fogão e geladeira, é sem­pre inter­es­sante con­ju­gar uma mesa e cadeiras para que o coz­in­heiro de plan­tão pos­sa ter com­pan­hia enquan­to tra­bal­ha. Out­ros itens comuns a esse cômo­do tam­bém vêm receben­do sta­tus de itens de dec­o­ração e é fácil encon­trar pan­eleiros ou por­ta-tem­per­os com ‘cara’ de enfeite, unin­do prati­ci­dade e estéti­ca.

A cria­tivi­dade tam­bém per­mite explo­rar as pare­des com um ‘var­al de poe­sias’, escritos nas pare­des ou uma peque­na hor­ta de tem­per­os, por exem­p­lo.

Ban­heiro – aqui o item fun­da­men­tal é o chu­veiro; inves­ti­men­to que vai garan­tir bem-estar para os moradores. Ain­da assim, out­ros aspec­tos são impor­tantes, a depen­der do per­fil e dos obje­tivos dos moradores. Um espel­ho antiem­baçante, por exem­p­lo, pode ofer­e­cer muito con­for­to e prati­ci­dade para quem quer faz­er a bar­ba logo após ou mes­mo durante o ban­ho. Assim como a ilu­mi­nação prin­ci­pal e aque­la lig­a­da ao espel­ho.

Den­tro do box, são cada vez mais uti­liza­dos os nichos para acol­her xam­pus, cremes de difer­entes tipos, sabonete, espon­jas e todo o arse­nal do ban­ho mod­er­no. São práti­cos e muito char­mosos. Armários ou out­ros espaços para guardar itens de higiene pes­soal são impor­tantes e mere­cem mui­ta atenção na hora da escol­ha, seja pela ade­quação do taman­ho ou pelo aspec­to estéti­co.

Esse assun­to não se esgo­ta facil­mente, troux­e­mos aqui ape­nas algu­mas ideias prin­ci­pais e voltare­mos a falar a respeito, mas como sem­pre, a dica fun­da­men­tal é deixar sua per­son­al­i­dade apare­cer na hora de definir a dec­o­ração de seu aparta­men­to. Se você tem receio, con­tar com um profis­sion­al da área cer­ta­mente vai aju­dar.

Mãos à obra!