Como decorar um apartamento studio

AS MELHORES DICAS DE DECORAÇÃO PARA QUE VOCÊ POSSA DECORAR O SEU APARTAMENTO STUDIO COM ORGANIZAÇÃO E PRATICIDADE!

POR TAMIRES CRISCIO

m aparta­men­to stu­dio é um espaço pequeno que deve ser bem aproveita­do. Por isso, dec­o­rar um aparta­men­to stu­dio é algo que deve ser feito levan­do em con­ta alguns pon­tos impor­tantes.

Mes­mo com pouco espaço é pos­sív­el faz­er escol­has inteligentes e até mes­mo cria­ti­vas, com diver­sas pos­si­bil­i­dades e aproveita­men­to das opor­tu­nidades de um espaço aber­to.

revista-dell-ambiente-como-decorar-um-apartamento-studio

Para que você con­si­ga dec­o­rar o seu aparta­men­to stu­dio tiran­do o máx­i­mo de proveito dele e com mui­ta orga­ni­za­ção, sep­a­ramos algu­mas dicas!

Entenda o que é um apartamento Studio?

O aparta­men­to Stu­dio é um tipo de imóv­el que está se tor­nan­do tendên­cia no mer­ca­do imo­bil­iário. Ele apre­sen­ta uma metragem peque­na, geral­mente em torno de 30 a 50 met­ros quadra­dos, priv­i­le­gian­do ambi­entes com­pactos.

revista-dell-ambiente-como-decorar-um-apartamento-studio

Out­ra car­ac­terís­ti­ca do aparta­men­to stu­dio é não apre­sen­tar divisórias entre os cômo­d­os. A úni­ca divisória é a do ban­heiro.

Por isso, a coz­in­ha, o quar­to e a sala divi­dem um mes­mo espaço e devem ser bem posi­cionadas para que o ambi­ente fique orga­ni­za­do e práti­co.

Por não apre­sen­tar pare­des divisórias, o aparta­men­to stu­dio pode ser dec­o­ra­do com bas­tante orig­i­nal­i­dade, per­son­al­i­dade e iden­ti­dade.

revista-dell-ambiente-como-decorar-um-apartamento-studio

Sobre a arte de viver em um apartamento studio

É pos­sív­el, sim, viv­er bem em um aparta­men­to de 30 met­ros quadra­dos e o grande seg­re­do para isso é faz­er as escol­has cer­tas. Lem­bre-se de que nen­hu­ma dec­o­ração é para sem­pre, já que você pode sem­pre ir adi­cio­nan­do e removen­do ele­men­tos. Pesquise tam­bém diver­sas refer­ên­cias para que você veja como out­ras pes­soas estão uti­lizan­do ess­es espaços pequenos.

revista-dell-ambiente-como-decorar-um-apartamento-studio

Busque com­prar por móveis de qual­i­dade e itens que vão durar e, além dis­so, você sem­pre pode vis­i­tar mer­ca­dos de móveis usa­dos.

Se preferir, faça móveis plane­ja­dos para cri­ar uma estru­tu­ra de orga­ni­za­ção e de prati­ci­dade bási­ca e vá adi­cio­nan­do out­ros ele­men­tos para cri­ar ain­da mais esti­lo pes­soal. Leve sem­pre em con­ta o seu esti­lo de vida, os seus com­por­ta­men­tos e os seus hábitos para escol­her a dec­o­ração que mel­hor o aten­derá. Cada lar é um reflexo da pes­soa que ali mora, por isso não há cer­to ou erra­do, mas sim o que é mel­hor para você e para a sua vida.

revista-dell-ambiente-como-decorar-um-apartamento-studio

10 Dicas Gerais de Decoração de apartamento studio

1.  Posicionamento dos móveis

A cama sem­pre deve ficar posi­ciona­da no espaço mais escuro do aparta­men­to. Além dis­so, é impor­tante sep­a­rá-la do resto do ambi­ente. Há várias for­mas de faz­er, você só pre­cisa de uma divisória.  Já o sofá tam­bém deve estar posi­ciona­do em um lugar estratégi­co, pois pre­cisa estar em um espaço no qual apre­sente uma boa cir­cu­lação.

O posi­ciona­men­to dos móveis é o pon­to mais impor­tante da dec­o­ração do seu stu­dio, pois é a par­tir daí que tudo começa. Através do agru­pa­men­to de móveis, você con­segue desen­har lin­has imag­inárias de divisão, delin­e­an­do onde começa e ter­mi­na cada um dos espaços.

revista-dell-ambiente-como-decorar-um-apartamento-studio

Veja bem onde estão tomadas, janelas e tam­bém por­tas, tudo isso deve ser lev­a­do em con­ta. Crie na sua cabeça os cam­in­hos pelos quais você cir­cu­lará no seu aparta­men­to.

2. Cores do ambiente

Como o espaço é pequeno para dar efeito de ampli­tude, escol­ha cores claras, tais como o bran­co e o bege. Se você quis­er usar cores mais fortes, escol­ha uma úni­ca parede ou pinte da metade da parede para baixo.

revista-dell-ambiente-como-decorar-um-apartamento-studio

3.  Garantia de móveis básicos

Exis­tem alguns móveis bási­cos que você vai pre­cis­ar, den­tre eles: guar­da-roupas, mesa para refeições, cama e sofá. Garan­ta uma cama que ten­ha suporte para guardar obje­tos e tam­bém um sofá que abre e fecha, aumen­tan­do assim as suas fun­cional­i­dades.

Além dis­so, para traz­er mais prati­ci­dade e orga­ni­za­ção, invista em: prateleiras flu­tu­antes, móveis mod­u­lares, cabideiros de parede, puffs com parte de armazena­men­to, con­jun­to de ban­quin­hos que se encaix­am, car­rin­hos, baús, ban­de­jas com suporte, aparador fino, con­jun­to de mesin­has que se encaix­am entre out­ros.

Todos ess­es móveis têm mais de uma uti­liza­ção e por isso são escol­has inteligentes, além dis­so, eles vão garan­tir que você use o seu pouco espaço com inteligên­cia.

4.  Espelhos

Uti­lize espel­hos para cri­ar ain­da mais ampli­tude. Use em uma parede estratég­i­ca e cen­tral para que todo o espaço gan­he mais pro­fun­di­dade.

5.  Tapetes

Os tapetes tam­bém são exce­lentes for­mas de dividir um espaço aber­to e você pode ter um para delim­i­tar o quar­to e out­ro, a sala. Eles vão servir como ânco­ras para que o espaço pareça mais orga­ni­za­do e as divisões mais nat­u­rais.

revista-dell-ambiente-como-decorar-um-apartamento-studio

6. Iluminação

Para que o aparta­men­to stu­dio fique ain­da mais com aspec­to de ampli­tude é pre­ciso cri­ar vários pon­tos de luzes. Invista em luminárias de parede e tam­bém deixe sem­pre as janelas com fácil aces­so.

7. Foco nos detalhes

Como o espaço é pequeno é sem­pre mel­hor focar nos detal­h­es do que faz­er escol­has de design com mui­ta infor­mação. Por isso, ao invés de lotar a sua casa com muitos itens e infor­mação, foque em detal­h­es difer­en­ci­a­dos, com obje­tos úni­cos e que refli­tam os seus gos­tos pes­soais.

Por exem­p­lo, ao invés de ter muitos vas­in­hos, ten­ha um grande e com bas­tante per­son­al­i­dade, o mes­mo vale para um quadro.

8. Organização

Evite ao máx­i­mo deixar o seu ambi­ente bagunça­do e, para isso, crie uma roti­na de tirar e recolo­car, abrir e fechar e tam­bém de sem­pre arru­mar a cama, guardar as roupas, lavar as louças, secar o ban­heiro e deixar cada coisa no seu lugar. O ambi­ente é pequeno, por isso não tem como enga­nar.
Para isso, invista no con­ceito de viv­er de for­ma min­i­mal­ista e essen­cial­ista. Lute para se livrar da bagunça diari­a­mente, trans­for­man­do a sua casa em um ambi­ente no qual você real­mente queira estar.

9. Cozinha e Banheiro Inteligentes

Ess­es dois espaços são os que geral­mente apre­sen­tam mais usos, além da cama, é claro. Mas como eles podem ficar mais sujos com a vida diária, é impor­tante que sejam inteligentes, ou seja, faça escol­ha de obje­tos de dec­o­ração fáceis de limpar ou que sujem menos. Fuja do bran­co.

Opte por deixar os obje­tos sem­pre em prateleiras na parede para que o ambi­ente apre­sente ain­da mais cir­cu­lação. Invista em suportes de qual­i­dade tan­to para a coz­in­ha como para o ban­heiro.

10. Outros itens de decoração

Se tem um item de dec­o­ração que você deve ter no seu aparta­men­to stu­dio é caixa. Caixas, caixas e mais caixas são essen­ci­ais para que você pos­sa viv­er bem nesse ambi­ente pequeno.

revista-dell-ambiente-como-decorar-um-apartamento-studio

EXTRA: Um ambiente, várias possibilidades

Não deixe de faz­er testes com o seu aparta­men­to stu­dio. Pegue a metragem e crie um desen­ho bási­co da plan­ta, pense primeiro no papel as diver­sas for­mas que você pode­ria dec­o­rar.

Além dos prós e dos con­tras de cada uma delas e tam­bém todos os itens que você pre­cis­aria com­prar. Plane­jan­do assim, você con­segue ver as diver­sas pos­si­bil­i­dades e tam­bém já pen­sar em como cri­ar e recri­ar vários ambi­entes para todas as mudanças de dec­o­rações, pre­sentes e futuras.

revista-dell-ambiente-como-decorar-um-apartamento-studio

Esper­amos que essas dicas o aju­dem a dec­o­rar um aparta­men­to stu­dio com bas­tante orga­ni­za­ção e prati­ci­dade. Escute o seu coração a cada com­pra de item, pois dessa maneira a sua casa vai real­mente ter a sua cara.

A sua casa deve ser o seu lugar favorito no mun­do, grande ou peque­na. Lem­bre-se sem­pre dis­so.