Adega – vinhos para suas comemorações e momentos únicos

ADEGAVOCÊ GOSTARIA DE TER UMA ADEGA EM SUA RESIDÊNCIA OU ESCRITÓRIO?

Vai refor­mar sua coz­in­ha e está em dúvi­da se vale a pena ter a sua própria ade­ga? Nes­ta matéria, você encon­trará infor­mações sobre os prin­ci­pais tipos de ade­gas, algu­mas de suas van­ta­gens e desvan­ta­gens e dicas para a sua escol­ha, seja na refor­ma ou con­strução de uma. Um brinde!

Preparo na sua obra

   Faz­er uma refor­ma com­ple­ta na sua coz­in­ha exige que você se pre­pare para realizar uma refor­mu­lação no sis­tema hidráuli­co do ambi­ente. Para isso, escol­her mate­ri­ais da mel­hor qual­i­dade é indis­pen­sáv­el para garan­tir a boa dura­bil­i­dade. Uma das opções mais econômi­cas é a tubu­lação de PVC, que emb­o­ra ten­ha uma vida útil extrema­mente lon­ga, não é adap­ta­do para residên­cias com sis­tema de aque­c­i­men­to de água. Nes­sas situ­ações, é recomen­da­do que você opte por um sis­tema de encana­men­to metáli­co, garan­ti­n­do mais dura­bil­i­dade para a obra.

   Tam­bém é impor­tante deixar o sis­tema hidráuli­co da coz­in­ha pron­to para rece­ber out­ros eletrodomés­ti­cos que uti­lizem água, espe­cial­mente no caso das máquinas de lavar louça, vis­to que em situ­ações nas quais o sis­tema hidráuli­co não foi insta­l­a­do cor­re­ta­mente, podem ocor­rer grandes vaza­men­tos no escoa­men­to de água.

   A ade­ga deve ficar na coz­in­ha? Não, o mais impor­tante é iden­ti­ficar qual é o seu dese­jo pelos vin­hos. Você é um cole­cionador da bebi­da? Seu dese­jo é poder con­vi­dar seus ami­gos e ami­gas e abrir uma gar­rafa para deli­ciar a todos? Você pref­ere abrir uma gar­rafa e saboreá-la soz­in­ho, enquan­to escreve ou assiste a um filme? Os jantares comem­o­ra­tivos reúnem toda a família e seu dese­jo é ofer­e­cer os mel­hores vin­hos a todos? Suas reuniões no escritório podem ser mais pro­du­ti­vas se uma gar­rafa de vin­ho fiz­er parte da nego­ci­ação?

   Os dese­jos e prefer­ên­cias podem ser muitos e o mais impor­tante é iden­ti­ficar qual é o seu para, aí sim, ini­ciar a escol­ha da ade­ga per­fei­ta para sua residên­cia ou escritório.

   Iden­ti­fi­ca­do o seu dese­jo, respos­ta a que um profis­sion­al de arquite­tu­ra ou design poderá aju­dar a respon­der, é hora de con­hecer as difer­entes pos­si­bil­i­dades para este espaço úni­co.

   O tipo mais fácil e sim­ples de mon­tar uma ade­ga é a cave france­sa, um pequeno quar­to ou porão, escuro e frio, orga­ni­za­do com prateleiras para armazena­men­to das gar­rafas em posição hor­i­zon­tal. A van­tagem prin­ci­pal é não pre­cis­ar lig­ar e desli­gar os equipa­men­tos, pois a refrig­er­ação é pro­por­ciona­da pelo próprio ambi­ente, o que rep­re­sen­ta econo­mia no con­sumo de ener­gia elétri­ca.

Você gostaria de ter uma adega em sua residência ou escritório?

   As condições ideais de tem­per­atu­ra giram entre 10º e 18ºC e a umi­dade entre 65 e 85% e em um país em que pre­dom­i­na o cli­ma trop­i­cal, é mais difí­cil alcançar as condições ideais. Então, as ade­gas clima­ti­zadas podem ser a solução ide­al, com a desvan­tagem de um cus­to maior e neces­si­dade de manutenção, ape­sar de rara­mente apre­sentarem defeitos.

   As ade­gas clima­ti­zadas são as mel­hores opções para quem quer armazenar de 4 a 200 gar­rafas, pois garan­tem o local fres­co e a ausên­cia de luz. Um cuida­do adi­cional e muito impor­tante é obser­var se as janelas do ambi­ente em que será insta­l­a­da a ade­ga não rece­berá luz do sol em algu­ma época do ano, pois mes­mo com a pro­teção do móv­el, os raios UV podem estra­gar toda a sua coleção.

   O armazena­men­to de 4 ou 8 gar­rafas é o ide­al para escritórios e os mod­e­los podem vari­ar bas­tante quan­to ao acaba­men­to e esti­lo. Aproveite e escol­ha um que seja o pon­to de luz na dec­o­ração de seu ambi­ente de tra­bal­ho.

   Para a residên­cia, faça um cál­cu­lo bási­co, antes de escol­her a capaci­dade de sua ade­ga clima­ti­za­da. Quan­tas gar­rafas de vin­ho você com­pra por mês? Vamos supor que sejam duas. Mul­ti­plique por 12, o que lhe dá 24 gar­rafas por ano. Quan­do sua ade­ga estiv­er pronta para uso, você pas­sará a com­prar mais vin­hos, ten­ha a certeza dis­so, então, pro­jete uma quan­ti­dade um pouco maior, pois a sua ade­ga deve lhe servir bem no futuro tam­bém. Mul­ti­plique por dois e terá a ade­ga com capaci­dade para 48 gar­rafas.

   Atenção: só com­pre sua ade­ga clima­ti­za­da de fab­ri­cante que ofer­eça suporte de atendi­men­to rápi­do e efi­ciente. Lem­bre-se: se sua ade­ga apre­sen­tar um defeito, toda a sua coleção cor­rerá o risco de ser per­di­da. No caso de ade­gas estrangeiras, só vale a pena caso haja atendi­men­to téc­ni­co efi­ciente em sua região.

   Ade­gas clima­ti­zadas uti­lizam ener­gia elétri­ca para a cor­re­ta manutenção da tem­per­atu­ra e umi­dade e são apre­sen­tadas basi­ca­mente em dois tipos: as ter­moelétri­c­as e as que uti­lizam um com­pres­sor.

   Ade­gas ter­moelétri­c­as pos­suem uma pla­ca de cerâmi­ca em seu inte­ri­or para a absorção da tem­per­atu­ra e, quan­do há calor, é fei­ta a tro­ca com o ambi­ente, envian­do o calor para fora da ade­ga. O lim­ite de tro­ca de calor entre a ade­ga e o ambi­ente gira em torno de 10ºC, o que invi­a­bi­liza sua uti­liza­ção em casas de pra­ia ou em regiões muito quentes. Ness­es casos, a mel­hor ade­ga é a com com­pres­sor.

   O com­pres­sor desse tipo de ade­ga é pare­ci­do com o de uma geladeira. Dois cuida­dos recomen­da­dos são: obser­var se o com­pres­sor inte­grante da ade­ga é de potên­cia ade­qua­da para a manutenção da tem­per­atu­ra e umi­dade ade­qua­dos ao seu ambi­ente e se não faz muito barul­ho.

   A ade­ga com com­pres­sor res­fria o ambi­ente inter­no com ar frio, man­ten­do a tem­per­atu­ra con­forme o ajuste escol­hi­do, item pre­sente na maior parte dos mod­e­los. Para a reg­u­lagem da umi­dade, é pre­ciso escol­her um mod­e­lo que tam­bém ofer­eça esse recur­so. Out­ros recur­sos incluem o ajuste de vari­ação de tem­per­atu­ra e umi­dade entre difer­entes seções da ade­ga, pois difer­entes vin­hos, podem pedir difer­entes tem­per­at­uras e umi­dade.

Temperaturas ideais para diferentes tipos de vinhos

   Para os vin­hos espumantes e bran­cos, é recomen­da­da uma tem­per­atu­ra entre 4º e 10ºC.

   Entre 12º e 15ºC, tem­per­at­uras recomen­dadas para os vin­hos rosa­dos e leves.

   Para os vin­hos tin­tos, Bor­deaux e Shi­raz, man­ten­ha entre 16º e 18ºC. Um Caber­net Sauvi­gnon merece a tem­per­atu­ra máx­i­ma, a de 18ºC.

   Refli­ta sobre sua prefer­ên­cia e sabores e, se pos­sív­el, man­ten­ha uma ade­ga clima­ti­za­da em que prevaleça a tem­per­atu­ra para o seu tipo de vin­ho e gos­to pes­soal. No caso de quer­er armazenar mais de um tipo de vin­ho, pro­cure colo­car as gar­rafas de vin­ho bran­co e leves na parte supe­ri­or da ade­ga clima­ti­za­da e os mais encor­pa­dos e tin­tos na parte infe­ri­or, pois o calor cos­tu­ma ser con­cen­tra­do em cima.

   Praz­eres mem­o­ráveis mere­cem uma ade­ga do taman­ho de seu son­ho. Escol­ha a sua e brindemos!